Dicas p/ mamãe

Síndrome de Asperger

A síndrome de Asperger não tem cura, mas pode ser controlada com psicoterapia e remédios para a vida toda, permitindo que o paciente mantenha um estilo de vida normal.

Sintomas da síndrome da Asperger

Alguns possíveis sinais e sintomas da síndrome de Asperger incluem:

  • Falta de interação social;
  • Dificuldade de concentração;
  • Inteligência normal ou acima da média;
  • Comportamento repetitivo;
  • Descoordenação motora;
  • Dificuldade em perceber os sentimentos e emoções dos outros;
  • Preocupação excessiva;
  • Dificuldade em lidar com conflitos;
  • Dificuldade em lidar com críticas.

Os pacientes com síndrome de Asperger não sabem perceber as emoções dos outros e, por isso, pode parecer que não sabem o que é afeto, podendo sentir-se irritados ou magoados quando são chamados à atenção.

Como tratar a síndrome de Asperger

O tratamento para síndrome de Asperger deve ser feito por um psicólogo desde criança, uma vez que é necessário ensinar o paciente a interagir com as outras pessoas e os seus sentimentos.

Além disso, e dependendo dos sintomas, pode ser necessário consultar um psiquiatra para iniciar a ingestão de remédios que ajudam a diminuir a irritabilidade, como o Aripiprazol, a hiperatividade, como a Guanfancine, ou a agitação, como a Risperidona, por exemplo.

Normalmente, durante o tratamento, o paciente com Síndrome de Asperger pode crescer e viver uma vida normal, no entanto, deve ser avaliado pelo menos 1 vez por ano pelo psicólogo.

Categorias